Testo Contramão

Testo Contramão

Hey, eu tô na contramão Procuro minha direção Eu sou filha de um país Que não me deixa viver Ou quem sabe até morrer Da maneira que eu sonhei Se há luz no fim do túnel Ninguém sabe, ninguém viu Se há luz no fim do túnel Ningúem sabe, ninguém vê Nosso sacrifício é viver no precipício Nosso futuro está num jogo de cartas marcadas Nossos olhos abertos, nossos corpos tão cobertos Nossas mãos e mentes, todas atadas Estamos com pés e cabeças no mundo Às vezes nem por um segundo, não dá para descansar Eu me procuro nesse labirinto profundo E tento ser eu mesma pra poder me encarar

Guarda il video di Contramão

Contramão videoplay video
Testi Anacê
Questo sito utilizza cookies di profilazione di terze parti per migliorare la tua navigazione. Chiudendo questo banner o scrollando la pagina ne accetti l'uso.Per info leggi qui