Testo A Poesia Que Não Veio Pra Mim

Testo A Poesia Que Não Veio Pra Mim

Quando eu vi que todos já rezavam E outras mãos já se matavam Quase todos se feriam Quase todos se acabavam Sei que nenhum deles esperava O que a história lhes cobrava E eram apenas uns selvagens Que também não se benziam E por isso um dia aquilo ia acabar Me lembro das manchas pelos ares Das covas sem lugares Do sorriso que não tinha Da terra que tremia Do homem que escapava Da sede que não matavam Só não quero lembrar Do herói que arrancaram de mim Da poesia que não veio pra mim Da minha louca vontade de falar de amor

Guarda il video di A Poesia Que Não Veio Pra Mim

A Poesia Que Não Veio Pra Mim videoplay video
Testi Anacê
Questo sito utilizza cookies di profilazione di terze parti per migliorare la tua navigazione. Chiudendo questo banner o scrollando la pagina ne accetti l'uso.Per info leggi qui